Maxiverso
CINEMAListas Top 7Top 7 bons filmes antigos de guerra
Splash7FilmesAntigosGuerra

Top 7 bons filmes antigos de guerra

Mais um Top7 do Maxiverso, dessa vez voltado para antigos filmes de guerra. Se você gosta do gênero, aproveite essa sugestão com 7 das melhores obras cinematográficas sobre guerras, algumas delas consideradas clássicos inesquecíveis da sétima arte. A lista abrangeu produções filmadas até os anos 80, que embora não estejam tão distantes, já são considerados, por muitos, como “antigamente”.

Doutor Fantástico (Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb – 1964 – EUA/Inglaterra):

Splash7FilmesAntigosGuerraDrFantastico-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraUma das obras mais sensacionais do mestre Stanley Kubrick, infelizmente não se tornou tão popular como O Iluminado ou 2001, talvez pela abordagem satírica que deu o tom cômico ao thriller de guerra que mostrava as consequências de um surto de loucura que acomete um general americano que dá ordens para um ataque à então União Soviética. Quando as autoridades dos EUA e da URSS descobrem o ocorrido, tentam impedir que a ‘viagem’ do general se consume, mas ocorrências inesperadas dificultam os planos de contingência quando os americanos tentam chamar de volta os bombardeiros. Pra piorar, um “diplomata” soviético traz uma notícia terrível acerca do que pode acontecer caso uma bomba atômica exploda em solo comunista. Uma comédia de suspense ou um suspense cômico brilhantemente engendrado por Kubrick com o roteiro baseado no livro Red Alert, de Peter George, com o astro Peter Sellers fazendo vários papéis, incluindo o principal, do personagem título. O final é antológico.

O Barco – Inferno no Mar (Das Boot – 1981 – Alemanha):

Splash7FilmesAntigosGuerraDasBoot-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraO filme mais ‘novo’ da lista, Das Boot, de Wolfgang Petersen, tem a incrível média de 98% no site Rotten Tomatoes, e não é uma nota injusta, pois trata-se de uma obra extremamente realista e crível, um drama de guerra que mostra com muita crueza a rotina em um submarino alemão durante a Segunda Guerra Mundial, filmada e dirigida com muita segurança por Petersen, que acabou fazendo um dos poucos retratos verossímeis do ‘outro lado’ do grande conflito mundial, já que a imensa maioria das obras retratam – evidentemente – os aliados, e quase nunca o eixo. O filme consegue a todo instante passar a sensação de claustrofobia que os tripulantes do U-boot U-96 sentem, além de expor as reações à tensão de viver confinado em um espaço exíguo durante uma batalha, como nenhuma obra conseguiu com tanta maestria. Outro mérito do filme é não pender a narrativa para nenhum lado do conflito (aliança ou eixo), contentando-se ‘apenas’ em mostrar como os alemães – tão humanos quanto o resto do mundo – lidavam com o dia a dia da guerra.

O Mais Longo dos Dias (The Longest Day – 1962 – EUA/Inglaterra):

Splash7FilmesAntigosGuerraDiaD-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraA maior das guerras já travadas na Terra tem na operação da invasão da Normandia seu momento mais importante, pois trata-se do início da virada no conflito, o início da queda do nazismo. O 6 de Junho de 1944 – a data do desembarque das tropas aliadas na Normandia – é tão emblemático que virou “o Dia D” e essa expressão passou a fazer parte da cultura do mundo todo desde então. A superprodução de mais de 3 horas não contou com um único diretor, mas sim com vários, pois a idéia é que se fizesse basicamente um documentário do Dia D, ainda que o resultado tenha, em alguns momentos, sequências não totalmente documentais, pois é evidente que os vários núcleos da produção emprestaram em alguns momentos sua visão ‘pessoal’ do conflito. Ainda assim o filme é considerado uma das obras mais realistas sobre o “Mais Longo dos Dias”, com um esmero técnico na retratação do conflito poucas vezes superado – mesmo nos dias atuais – e um elenco quase mitológico. O filme, de modo geral, retrata a véspera e o desenrolar do desembarque de mais de 3 milhões de soldados em território francês, além da movimentação de mais de 11 mil aviões e 4 mil navios, que compunham a força de ataque aliada, considerada a maior armada já reunida, sem ser cansativo (apesar da duração) e incluindo subtramas de bastidores.

Os Canhões de Navarone (The Guns of Navarone – 1961 – Inglaterra):

Splash7FilmesAntigosGuerraCanhoesNavarone-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraClássico atemporal de filmes de guerra, esta obra-prima sublime de J. Lee Thompson transcende qualquer análise técnica ou conceitual que possa ser explanada e é uma verdadeira aula (ou manual) de como se fazer um drama/suspense de guerra. A trama gira em torno de uma missão secreta aliada que tem por objetivo impedir que os alemães usem dois gigantescos canhões posicionados na ilha de Navarone e que impediriam o resgate de 2 mil soldados britânicos sitiados em uma outra ilha grega, próxima. A missão suicida parte com o tempo contado, pois o resgate tem apenas 7 dias para tirar os britânicos de Kheros, que será alvo de um ataque implacável alemão ao fim de uma semana. A obra retrata o desenrolar da missão com maestria poucas vezes vista no cinema, mostrando como os membros da equipe lidam com as situações de conflito e tensão e como usam seus valores pessoais para fazer escolhas de vida e morte, inclusive com relação aos inimigos e aos inocentes pegos no meio do conflito. Além disso, o cerne principal do filme também é desenvolvido de forma irretocável, mostrando as dificuldades da missão e as soluções da equipe para os problemas que surgem a todo o instante, inclusive no tocante à incansável perseguição alemã. Tudo isso somado ao elenco espetacular tornam essa obra imperdível.

A Ponte do Rio Kwai (The Bridge on the River Kwai – 1957 – EUA/Inglaterra):

Splash7FilmesAntigosGuerraPonteRioKwai-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraBaseado no romance de Pierre Boulle, Le pont de la rivière Kwai, de 1952, o filme dirigido por David Lean também tornou-se um clássico do gênero, mostrando um batalhão de soldados ingleses que é feito prisioneiro dos japoneses na Segunda Guerra. A tropa do Coronel Nicholson é obrigada pelos captores a construir uma ponte sobre o rio Kwai, na Tailândia, para propiciar o transporte de tropas do eixo naquele país, objetivando uma invasão à Índia. Quando os japoneses tentam obrigar os oficiais ingleses a trabalhar junto aos solados, o Coronel se recusa, mesmo passando por castigos e torturas cruéis e invocando a Convenção de Genebra, o que se configura uma vitória moral contra os algozes. Quando finalmente de dispõe a comandar os trabalhos dos seus soldados, se dedica totalmente à empreita e o filme tem uma guinada interessante. O longa, diversas vezes laureado em festivais – incluindo o Oscar – é um estudo sensacional sobre o comportamento humano em tempos de guerra além de mostrar como pode soar equivocado um código de honra, ética ou dever, dependendo da situação em que ele é enquadrado. Atuação épica de sir Alec Guinness, em sua melhor fase como ator.

Raposa do Mar (The Enemy Below – 1957 – EUA):

Splash7FilmesAntigosGuerraRaposaMar-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraAo contrário de Das Boot, que mostrava o ponto de vista alemão e focava o dia a dia da tripulação, este filme de Dick Powell apresenta os dois lados (o americano e o alemão) em uma caçada protagonizada por um destróier estadunidense a um submarino nazista durante a Segunda Grande Guerra. O jogo de gato e rato inicial evolui rapidamente para uma autêntica partida de xadrez entre as duas naus, com ambos os capitães mostrando toda sua perícia estratégica e sua competência como militares, tendo ainda que lidar com os problemas das respectivas tripulações (incluindo seus dramas pessoais e as consequências da batalha, inclusive os feridos em combate), e pensando ainda no cenário global do conflito e o resultado eventual da batalha particular entre ambos e suas consequências para a Segunda Guerra como um todo. Sem pender para nenhum dos lados, a narrativa entrega um cenário autêntico e real de um conflito deste tipo. Curiosidade: Powell – que também produziu o longa – filmou dois finais e em uma pré-estréia deixou o público escolher qual dos dois deveria ser o exibido oficialmente e o final escolhido venceu de forma unânime.

Sahara (Sahara – 1943 – EUA):

Splash7FilmesAntigosGuerraSahara-300x225 Top 7 bons filmes antigos de guerraMuito – muito – superior à boa refilmagem de 1985 estrelada por James Belushi, esse filme dos anos 40 (protagonizado pelo legendário Humphrey Bogart) dirigido por Zoltan Korda, mostra um pequeno pelotão de soldados americanos durante uma batalha nos desertos do norte da África, que precisa defender uma localidade que pode ser a única fonte de água em toda a região e – se tomada pelo batalhão alemão que também descobriu o local – pode permitir o avanço do destacamento inimigo e representar uma perda importante em uma batalha maior no continente africano. O tradicional mote de ‘defesa do forte’ ambientado na Segunda Guerra Mundial e conduzido habilmente por Korda nos entrega uma obra redondinha, que dosa perfeitamente o drama com o suspense e ainda dá espaço para o estudo de comportamento de soldados – aliados e inimigos – que se vêem diante de uma necessidade básica comum a todos: água. Para engrossar o caldo das dificuldades, o pelotão americano resgata alguns britânicos e um oficial sudanês com dois prisioneiros (um italiano e um alemão) que, se ajudam na proteção do poço, complicam a equação ‘quantidade de água / número de pessoas com sede’.

No votes yet.
Please wait...
Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarRalph-144x144 Top 7 bons filmes antigos de guerra

Ralph Luiz Solera

Escritor e quadrinhista, pai de uma linda padawan, aprecia tanto Marvel quanto DC, tanto Star Wars quanto Star Trek, tanto o Coyote quanto o Papaléguas. Tem fé na escrita, pois a considera a maior invenção do Homem... depois do hot roll e do Van Halen, claro.

2 comments

  • Roberto Zacharias:

    Boa tarde!!! Excelente lista, incluiria “Fugindo do Inferno”, com Steve McQueen, James Garner.

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Solera:

      Ótimo filme o Fugindo do Inferno, Roberto! Estará na segunda lista, com certeza! rs… abraço!

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top