Maxiverso
HQs: AnálisesHQs: CuriosidadesSantos Comic Expo + Dia Nacional do Fanzine
capa

Santos Comic Expo + Dia Nacional do Fanzine

No fim de semana passado, o Maxiverso esteve na baixada santista para acompanhar o evento Santos Comic Expo e para comemorar o Dia Nacional do Fanzine, e além das postagens feitas ao longo dos eventos, hoje traremos uma matéria com o que rolou por lá para quem não conhece ou não pode participar.

A Santos Comic Expo ocorreu no sábado, no Centro Cultural Patrícia Galvão, dia 08/10, com programação das 10 horas às 20 horas. O evento contou com feiras de quadrinhos, colecionáveis, camisetas, acessórios e todo tipo de artigo da cultura nerd, concurso de cosplay, estandes de artistas nacionais de diversas localidades, além de painéis onde artistas trocavam experiências com o público e entre si.

14677955_1143424619072353_1664442591_o-300x300 Santos Comic Expo + Dia Nacional do FanzineO evento é organizado por um grupo de fãs da cultura geek da região, chamado “Os Guerreiros”, e foi patrocinado e apoiado pelas seguintes instituições: 4NET, A4 Promoções e Eventos, Assojubs, Capsule Eletronic Studio, Cine Roxy, Comix, Diego Transporte de Água Mineral, Eaglemoss Collection, Digitall, Eco Tur Turismo, Editora Abril, Editora JBC, Factor BS, Funchal Transportes, HEO Publicidade e Eventos, Ibis Hotel, Mangarts Comic Studio, Mattel, Santos e Região Convention & Visitors Bureáu, Snake Burger, Shopping Pátio Iporanga, Simbionte.
Os estandes de vendas contaram com a presença de lojas de Santos e de outras cidades da região, as lojas dispostas no pátio de entrada do Centro Cultural foram: Anima Botons, AnimeAge, Aptoys, Banca Estátua, Cecathi, Collect4Fun, Comic Hunter, Cult Comics, Dimensão Geek, Divi Toys, Empório HQ, Espiral Pop, Estampeiros, Figurocks, Geek Alternate Way, HC Art Collection, House of Cards, Mercado Otaku, Mind Toys, Mundo HQ, Pegasus Shop, SuperBanca Superamigos, Tatoomics, The Brick, Toys e Movies, Toys Maker e Comix Comic Shop.

14699513_1143424459072369_1914640001_o-300x300 Santos Comic Expo + Dia Nacional do FanzineDiversos artistas foram convidados para o evento, mais de sessenta quadrinistas de estilos distintos e diferentes trajetórias, dentre elxs estavam: Alexandre Callari (Apocalipse Zumbi), Clayton InLoco (Hurulla), , Daniel Esteves (São Paulo dos Mortos), Eduardo Vetillo (Disney, Trapalhões), Eric Peleias (Eu, Super), Fabio Coala (Mentirinhas), Flávio Luiz (Aú, o Capoeirista), Germana Viana (Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço), Gilmar(Caroço no Angu), Hector Lima (Barão Macaco), Kiko Garcia (Kikomics), Klebs Jr. (Pátria Armada), Marcatti (Ratos de Porão), Marcela Godoy (Papa-Capim – Noite Branca), Paulo Siqueira (Avengers – A-Force, Amazing Spider-Man), Pedro Hutsch (Joãos e Joanas), Roberto Souzza (Mundo dos Super-Heróis), Wellington Diaz (Turma da Mônica Jovem).

No primeiro painel, às 11 horas, os escritores Daniel Esteves (São Paulo dos Mortos), Eric Peleias (Eu, Super), Hector Lima (Mulherhomem) e Marcela Godoy (Papa-Capim – Noite Branca), discutiram seus percussos, suas impressões e seus conhecimentos sobre a “Profissão: Roteirista”, na mesa que foi mediada por Dani Marino, professora de literatura, mestranda do Observatório de Quadrinhos da USP, e colaboradora da Gibiteca de Santos.

Às 12 horas, Cláudio Roberto Basílio, integrante do grupo “Guerreiros”, mediou a mesa “Cinema e TV: mudança nos rumos dos Quadrinhos?”, que contou com a presença do crítico de cinema André Azenha, o jornalista Vinícios Carlos Vieira, o desenhista Paulo Siqueira e o editor Rogério Saladino.

A artista Beliza Buzollo (Na Ponta da Língua), Wesley Samp (Depósito de Tirinhas), Fábio Coala (Mentirinhas) e Vitor Caffagi (Valente), com mediação do professor e cartunista Alexandre Valença Alves “Bar” Barbosa, discutiram as tirinhas, ou comic strips, um dos mais antigos e importantes formatos de histórias em quadrinhos, na mesa “Tiras em Quadrinhos: Ontem e Hoje”, às 13 horas.

Na mesa “O Fenômeno dos Manuais e Encadernados da Disney” foi tema da mesa das 14 horas, com participação do editor Paulo Maffia e o tradutor Marcelo Alencar, além da participação especial do quadrinista Eduardo Vetillo, autor de personagens como Urtigão, Peninha e Zé Carioca.

14646579_1143424549072360_1521037064_o-300x300 Santos Comic Expo + Dia Nacional do Fanzine“Como Financiar Seu Quadrinho” foi o tema do painel das 15 horas, em que Mylle Silva (A Samurai), Janaína de Luna (Editora Mino), Marçal (Rei Bocó), Gilmar (Mistifório), Felipe Folgosi (Aurora), debateram os principais caminhos nos dias de hoje para se conseguir financiar um projeto de HQ, seja por financiamento coletivo na internet ou incentivos públicos.

O painel das 16 horas discutiu “O Caminho do Colecionador”, Fábio Gomes Ribeiro, Alexandre Callari (Apocalipse Zumbi), Kendi Sakamoto, Henrique Esmeraldo, e Edson Diogo (Guia dos Quadrinhos) dividem com o público suas experiências e dicas para aqueles que almejam alcançar uma invejável coleção.

O último painel do dia, às 18 horas, foi um “Bate Papo com Vitor Caffagi”. O autor da tira “Valente” e da Graphic MSP (Maurício de Souza Produções), “Laços”, em parceria com sua irmã Lu Caffagi, relatou sua trajetória e como a nona arte o levou a ser quem é hoje.

14677919_1143424652405683_14050620_o-300x300 Santos Comic Expo + Dia Nacional do FanzineA Santos Comic Expo contou também com dois workshops, às 14 horas e às 16 horas. Os temas foram: “Workshop Infantil com personagens do mangá J-Fox”, ministrado pelos professores Leandro Altafim e Doug Santana do Mangarts Comic Studio; e o “Workshop de Mangá” ministrado pelo Instituto HQ. Além disso tudo tivemos também exposições de ilustrações e colecionáveis, no MISS – Museu da Imagem e do Som de Santos e no andar superior ao saguão principal onde ocorria o evento.

Felizmente e infelizmente, haviam muitas atividades, o que fez com que muitas vezes fosse necessário escolher entre elas. O palco onde a maioria dos painéis ocorreram era localizado perto do corredor onde os estandes dos artistas e dos estandes das lojas, o que gerou uma disputa sonora e de atenção, uma vez que as atividades ocorriam enquanto o público transitava pelos espaços. Acredito que seria ideal que houvesse um espaço mais reservado para as palestras e discussões, as atividades não disputariam diretamente a atenção do público. Um espaço reservado para imprensa seria ideal também, pois em meio ao público da feira, os cosplayers e o alvoroço que causam por onde passavam, e etc, era bastante difícil conversar com artistas, e muitas pessoas tiveram que apelar para a qualidade de seus equipamentos de gravação para ser possível ouvir o que tinha para dizer os mais de sessenta convidados que perambulavam pelo evento.

14699439_1143424609072354_1848400863_o-300x300 Santos Comic Expo + Dia Nacional do FanzineNo domingo, dia 09/10, a Gibiteca de Santos realizou um dia de atividades em homenagem ao Dia Nacional do Fanzine. As atividades começaram com a exposição do trabalho de Érico San Juan “25 anos de humor e zines”, e seguiram com a oficina da fanzineira Thina Curtis, que mediou a atividade em que os participantes criaram seus fanzines, enquanto junto da pesquisadora Dani Marino, o professor doutor Gazy Andraus e o fanzineiro Fabiano Geraldo, discutimos as principais características do fanzine, que se trata de um formato de revista feito por fãs onde o autor seleciona o conteúdo que pode conter imagens, desenhos, fotografias, recortes, textos, poemas e o que quer que o autor deseja compartilhar com o intuito da comunicação e da liberdade criativa e de expressão.

14699552_1143424455739036_1897081564_o-300x300 Santos Comic Expo + Dia Nacional do FanzineNo dia 12 de outubro, comemoramos o Dia Nacional do Fanzine. Essa data é estabelecida pela publicação do primeiro fanzine brasileiro, o “Ficção”, de Edson Rontani, artista piracicabano conhecido por ser o precursor dos fanzines no país antes mesmo do autor saber o nome que se designa ao formato. Para falar mais sobre o trabalho deste pioneiro, contamos com a presença de Edson Rontani Júnior, filho do autor e jornalista que através de seu trabalho mantém viva uma importante memória dos fanzines brasileiros. Para saber mais sobre seu trabalho, acessem a página: https://www.facebook.com/fazinebrasileiro/?fref=ts

Para finalizar, agradeço a todos os responsáveis pelo evento Santos Comic Expo e a Gibiteca de Santos pelo dia de atividades relacionadas aos fanzines, o trabalho de vocês é fundamental para manter a memória dos quadrinhos no Brasil e por incentivar que cada vez mais pessoas conheçam a nona arte e se expressem através dela.

Confira o vídeo feito por Celso Marchini, sobre a Fanzinada na Gibiteca de Santos:

Avaliação
The following two tabs change content below.
RaulCassoni-150x150 Santos Comic Expo + Dia Nacional do Fanzine

Raul Cassoni

Professor, historiador e músico. Um hibrido de boêmio com nerd, caso a vida fosse um enorme RPG. Discípulo de Mestre Splinter, Mestre Kame, Senhor Miyagi, Tio Ben, Prof. Xavier, entre outros que me guiaram em meu juramento de pesquisar a Nona Arte "nos dias mais claros e nas noites mais escuras", sempre usando meus "grandes poderes", e conhecimento, com "grande responsabilidade".

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top