Maxiverso

Netflix libera trailer final do remake de Perdidos no Espaço

O seriado cult Perdidos no Espaço (Lost in Space) terá um novo remake produzido pelo canal de stream Netflix. Serão ao todo 10 episódios na primeira temporada, que já estarão disponíveis aos assinantes do canal a partir do dia 13 de Abril de 2018.

Matt Sazama e Burk Sharpless, roteiristas de Drácula: A História Nunca Contada, sãos os responsáveis pelo script do episódio piloto e também servirão como produtores principais do remake. Neil Marshall ajudará também na produção executiva, além de dirigir o piloto. A série é produzida pela Legendary Television, Synthesis Entertainment e Applebox, com Zack Estrin servindo como showrunner.

O elenco desta nova versão é composto de: Toby Stephens (Black Sails) como John Robinson, Molly Parker (House of Cards) como Maureen Robinson, o ator argentino Ignacio Serricchio (Bones) como Dom West, Taylor Russell como Judy Robinson, Mina Sundwall como Penny Robinson, Maxwell Jenkins como o jovem Will Robinson. Para o papel de vilão, nesta versão haverá uma mudança de gênero, de modo que não teremos o Doutor Smith, mas a Doutora Smith, papel da atriz Parker Posey (Parks and Recreation).

As filmagens desta série ocorreram entre Janeiro e Junho de 2017. Confira o teaser em HD:

A série começou a ser desenvolvida após o anúncio em Outubro de 2014 da Legendary Television, que estaria produzindo um novo remake para a TV do icônico seriado sessentista. Em novembro de 2015 o canal Netflix juntou-se ao projeto após uma acirrada disputa com outros canais e emissoras e em Junho do ano seguinte, encomendou 10 episódios para a primeira temporada.  Segundo o canal, a nova série será uma “épica, mas realista, saga de ficção científica focada em uma jovem família de exploradores espaciais que se perde em um universo alienígena e devem enfrentam juntos desafios aparentemente insuperáveis”.

Ainda existem poucos detalhes sobre a trama, mas se formos nos basear na série original, a mesma mostrava as peripécias da Família Robinson, que foi escolhida para ser pioneira na colonização espacial. Durante a viagem, a nave dos Robinson é sabotada pelo vilão Doutor Smith e eles acabam caindo em um planeta fora do destino original, deixando-os literalmente… perdidos no espaço!

A série original foi criada nos anos 60 pelo lendário produtor Irwin Allen (O Túnel do Tempo, Viagem ao Fundo do Mar, Terra de Gigantes, etc.), tendo sido exibida entre 1965 e 1968 e teve três temporadas, com um total de 84 episódios, produzidos e exibido em vários países do mundo, sendo inclusive grande sucesso no Brasil, a ponto do ator Jonathan Harris (Dr.Smith) visitar o nosso país e ser entrevistado em vários programas de TV, como o da Hebe Camargo.

A série virou cult e por anos, o próprio  Irwin Allen (1916-1991) tentou levar a série para os cinemas, como o seu maior rival, Gene Roddenberry havia feito com Star Trek. Apenas em 1998, portanto sete anos após o falecimento de Allen, foi que a produtora New Line Cinema conseguiu lançar um filme, com novos atores (e pontas de alguns atores originais que ainda estavam vivos) nos cinema. Apesar do elenco ser encabeçado por estrelas como Gary Oldman, William Hurt, Matt LeBlanc, Mimi Rogers e Heather Graham, o roteiro confuso de Akiva Goldsman e a direção pesada de Stephen Hopkins, ambos, produtores do filme, impediram um sucesso do mesmo e infelizmente hoje o filme é tido como esquecível.

Lost-in-Space-8x6 Netflix libera trailer final do remake de Perdidos no EspaçoHouve uma tentativa de primeiro reboot do seriado, por volta de 2003, que seria chamada The Robinsons: Lost in Space, pelo canal da Warner Bros. O aclamado diretor de filmes de ação de Hong Kong, John Woo foi convidado para dirigir o remake e a produção ficaria a cargo da Synthesis Entertainment, Irwin Allen Productions, Fox e Regency Television. O elenco da nova série seria formado praticamente por desconhecidos. Nesta adaptação, John Robinson era um herói de guerra aposentado de uma invasão alienígena e decidiu levar sua família para outra colônia em outro lugar do espaço. No entanto, sua nave é atacada pelos alienígenas, David está perdido em meio a tudo, e os Robinson, juntamente com Don, são forçados a escapar no pequeno pod de escape da Jupiter 2, a nave-mãe. A série, presumivelmente, teria girado em torno da família tentando recuperar David dos alienígenas. O intérprete sobrevivente da série original Dick Tufeld, mais uma vez, retornou seu papel como voz do robô andróide pela terceira vez, na terceira encarnação de ação ao vivo do Lost in Space após o piloto original. Acabou que o piloto foi finalizado, mas infelizmente a emissora desistiu da série e a arquivou, mesmo porque a trama se parecia muito com outro produto que estava fazendo sucesso naquele período, o também remake de Battlestar Galactica.

ATUALIZADO – 06/03/2018

netflix-lost-in-space-trailer Netflix libera trailer final do remake de Perdidos no Espaço

O canal Netflix, liberou agora o trailer final com muitas cenas do novo seriado. Bastante focada no garoto Will Robinson(Maxwell Jenkins), o trailer também mostra um pouco da nave ‘Jupiter 2’ (que continua a manter o formato disco), além de mostrar em algumas cenas, o que seria o ‘robô’, que desta é encontrado pelo jovem Will no planeta perdido.  Também vemos trechos dos membros da família Robinson e a nova ‘Doutora Smith'(Parker Posey).  Diferente da série original, que seguia uma linha mais ‘camp’ e comédia, a nova série parece ser mais voltada para um drama e ação em ficção científica.

 

A nova série estreia no Netflix dia 13 de abril de 2018.


[RM-RS –  Netflix]


 

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarBlogger-150x150 Netflix libera trailer final do remake de Perdidos no Espaço

Maxiverso

A equipe do Maxiverso é composta de redatores e escritores especialistas em diversas áreas, de modo que as notícias postadas serão sempre redigidas e revisadas pelos membros mais qualificados de nosso time.

4 comments

  • André Objeto:

    Dr Smith virou mulher??? Ao invés de perdidos em um setor da galaxia, vao ficar perdidos apenas em um planeta? Robbie agora é um andróide alienigena? Sei nao heim… potencial de fracasso no ar…

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      O objetivo da série é não ser uma cópia cheia de efeitos e um produto que era meio comédia lá nos anos 60, agora querem uma pegada mais sombria e séria . Netflix investiu alto pra não ser um fracasso como foi o filme de 1998, com Gary Oldman, William Hurt, Mimi Rodgers , hoje totalmente esquecível.

  • Jonathas:

    caramba parece bom heim… nao conhecia essa Perdidos no Espaço dos anos 60, é boa?

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      Jonathas, é uma das séries clássicas de ficção-científica dos anos 60 mais famosas do período. Rival direto de Jornada nas Estrelas, mas diferenciava dela pelo tom comédia, mais camp. Eu, em opinião pessoal, nunca fui realmente fã desta série, prefiro o tom mais sério de Star Trek, mas tem um fandon muito forte.

Deixe uma resposta para Jonathas Cancelar resposta

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top