Maxiverso
yojouhan0

Anime: Yojouhan Shinwa Taikei

Um anime para poucos, talvez. Aleatório e confuso à princípio, mas que pode agradar os espectadores persistentes… Ou não. É quase uma questão de “ame ou odeie” quando se trata de Youjouhan Shinwa Taikei, anime de 2010 baseado na novel homônima escrita por Tomihiko Morimi. Para apresentar a obra, comecemos pelo seu nome, que merece uma consideração à parte. Normalmente traduzido para The Tatami Galaxy, uma tradução mais literal do título seria algo como “Crônicas Mitológicas de 4 Tatames e Meio”, nome curioso que a princípio pode não fazer muito sentido, mas é um indício do aparente nonsense que permeia uma história de premissa simples, mas de execução incomum.

Adaptado em 11 episódios, é praticamente um anime do tipo episódico em sua narrativa, especialmente quando se trata de seu início. Com seu desenrolar, os acontecimentos começam a se entrelaçar e elementos de um episódio passam a interferir nos que se seguem. Basicamente, cada episódio conta uma versão diferente da seguinte premissa: o protagonista sem nome acaba de iniciar sua vida acadêmica desejoso de conhecer belas garotas de cabelos negros e aproveitar bem essa nova etapa de sua vida. Uma das escolhas que o protagonista deve fazer logo no início da sua entrada na universidade é escolher o grupo de atividades extracurriculares do qual irá participar. Tal escolha será determinante para aumentar as oportunidades de ter a vida acadêmica tão sonhada. Entretanto, após escolher seu grupo de atividades, as coisas não se desenrolam tão bem quanto ele gostaria. Os episódios seguintes são variações disso, com o protagonista escolhendo um grupo diferente e, ao final, como se sua vida rebobinasse, retornando a partir do ponto em que pôde fazer uma outra escolha.

yojouhan1 Anime: Yojouhan Shinwa TaikeiO protagonista, que pode-se chamar de “watashi” (o equivalente a “eu”, em japonês), é o narrador de sua própria história que, diga-se de passagem, é contada e repleta de monólogos falados de maneira rápida, o que pode ser incômodo para muitos. Do que nos é apresentado logo no começo, deduzimos que trata-se de um jovem relativamente introvertido, com interesses comuns, propenso a reflexões e destituído de sorte. Digno de menção é o fato de ser constantemente importunado por Ozu, personagem crucial na trama e que curiosamente pode ser considerado tanto seu melhor amigo quanto seu maior inimigo, frequentemente comparado a um youkai (o que deixa a dúvida no ar, a julgar pela sua aparência). Outra personagem recorrente é Akashi, estudante da mesma universidade, possível interesse romântico do protagonista. Frustração, sabotagem e a espera de um amor são a essência desse anime, cujo principal tema são as consequências desencadeadas por escolhas feitas. Sabemos que uma pequena escolha pode mudar drasticamente o rumo da vida de alguém, e é isso o que nos mostra Yojouhan Shinwa Taikei.

Foi dirigido por Masaaki Yuasa, o mesmo criador de Kaiba, envolvido na produção de Cat Soup, diretor de Ping Pong e Space Dandy, daí já entendemos um pouco melhor o fato de Yojouhan fugir dos clichês. Foi produzido pelo estúdio Madhouse, o que pode ser surpreendente para os que conhecem outros de seus títulos, já que este em específico não possui nada na animação que possa identificá-lo com o estúdio. Sua animação foge dos padrões no character design, na fluidez do traço e no pouco uso de sombras (cel shading), cheio de cores vibrantes e texturas, além do uso de fotografias e filmagens em determinadas cenas. Possui uma trilha sonora elegante, com amplo uso de instrumentos orquestrais, o que se soma às razões de ser muito estimado pelos que assistem e vêm a gostar desse anime de comédia sutil e história simples, porém, de realização interessante.

O título só passa a fazer mais sentido no penúltimo episódio que, a propósito é meu favorito. Dada a confusão inicial e a aparente falta de rumo da história, é compreensível que nem todos gostem do anime, ainda que aos poucos as coisas comecem a ter mais lógica, já que as lacunas da história vão sendo preenchidas. Além do penúltimo episódio, é de fundamental importância o episódio final, que esclarecerá muitas coisas e pode até mudar a perspectiva do espectador a respeito do que foi visto até o momento. Se todos terão paciência para assistir até o fim, é pouco provável. Mesmo assim, talvez agrade os que buscam um anime diferente, que flerta com o slice of life ao mesmo tempo em que dá às situações ordinárias um aspecto surreal.

Nota: 7/10

yojouhan2a Anime: Yojouhan Shinwa Taikei

 

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarKarina-1-150x150 Anime: Yojouhan Shinwa Taikei

Karina Moreira

Formada em História, é membro do Grupo de Estudos de Histórias em Quadrinhos de Franca (GEHQ). Há anos não consegue viver sem sua dose diária de animes e mangás, o que aumentou seu interesse pela cultura japonesa, e espera conseguir dominar o complexo idioma dos kanji um dia... De vez em quando, gosta de desenhar e passar a madrugada rindo de vídeos de pegadinhas.

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top