Maxiverso

Star Trek: Paramount congela “filme 4” e foca em “filme de Tarantino”

Realmente, o quarto filme da franquia Star Trek comandada pela Paramount Studios, está enfrentando problemas relativos a produção.

Em Julho de 2018, a Paramount chegou a anunciar a produção do quarto filme no universo Kelvin (filmes produzidos por J. J. Abrams e sua Bad Robots, que reinicia a saga da tripulação clássica). Este filme traria a tripulação da USS Enterprise-A, e a descrição da aventura era:“Capitão Kirk vai cruzar o caminho de um homem que ele nunca teve a chance de conhecer, mas cujo legado o persegue desde o dia em que nasceu: seu pai”. Para quem acompanhou a saga a partir do primeiro filme deste universo “novo”, iniciado em 2009 por J. J. Abrams, é sabido que o pai do Capitão Kirk foi George Kirk (interpretado pelo ator Chris Hemsworth, o Thor da Marvel) que faleceu logo no início do primeiro filme.

Segundo a Paramount, a direção dos novo filme seria pela primeira vez entregue a uma mulher, S. J. Clarkson, diretora britânica de filmes para a TV inglesa. O roteiro de Star Trek 4 estava sendo escrito por J. D. Payne e Patrick McKay. A produção ficaria com J. J. Abrams e Lindsey Weber, via Bad Robot, enquanto David Ellison e Dana Goldberg, da Skydance, seriam produtores executivos.

A Paramount, junto ao produtor Abrams, também estava preparando outro projeto de Star Trek, com o diretor Quentin Tarantino (Pulp Fiction), considerado alguém mais “especializado” em filmes violentos e menos lúdicos. Ficou definido que este eventual filme seria realizado algum tempo depois do lançamento do quarto Star Trek.

Quanto ao já famigerado “filme 4” (ainda sem título definido), parecia tudo certo, com roteiro, direção e produção acertados para o início das filmagens, quando em agosto de 2018, segundo informações do The Hollywood Reporter, dois grandes nomes do elenco, os atores Chris Pine (o Capitão Kirk) e Chris Hemsworth (Samuel Kirk) deixaram o projeto após disputas judiciais com relação aos seus salários. Ambos queiram ganhar mais que foi oferecido e no impasse, ambos abandonaram o projeto. Isto foi uma verdadeira “saia justa”, para produção e elenco, que já estavam se preparando para retornarem aos seus icônico papeis. Os produtores responsáveis pelo projeto estavam esperando que Pine e Hemsworth aceitassem uma diminuição em seus cachês para então começar a negociar com outros atores do elenco, como Zachary Quinto, Zoe Saldana e Simon Pegg. Chris Pine chegou a quebrar o silêncio para uma entrevista à Variety, onde ele respondeu que estaria interessado em voltar ao papel de Capitão James Kirk. Embora sua resposta fosse um pouco vaga, era ainda positiva:

“Não sei. Eu gostaria de estar envolvido, veremos o que acontece. Eu estou esperando um telefonema. Até lá, fico aguardando.”

Novas negociações foram feitas, na tentativa de salvar o projeto, já que os dois atores eram essenciais para o roteiro do quarto filme, mas as partes não chegaram a um acordo.

Sendo assim, ao que tudo indica, sem uma definição dos atores, a Paramount Pictures arquivou o projeto, segundo informações do site Deadline. O site afirma que com a paralisação do projeto, a diretora S. J. Clarkson, contratada para dirigir o novo filme da franquia, teria ficado disponível para assumir o comando do episódio piloto do prelúdio de Game of Thrones. As filmagens de Star Trek 4 que estavam agendadas para começar no início de 2019, foram canceladas.

star-trek-4-chris-pine-chris-hemsworth Star Trek: Paramount congela "filme 4" e foca em "filme de Tarantino"

Hemsworth e Pine querem mais din din em Star Trek e pularam fora…

É bom lembrar, que o termo “arquivar”, não significa “cancelar” o projeto. O filme simplesmente não será mais uma prioridade para o estúdio, sendo liberado toda sua produção e atores, para seguirem em outros projetos, enquanto uma definição final não chega, o que pode até demorar ano. Em muitos casos, o “cancelamento” acaba se tornando uma opção real, mas não é certo que o arquivamento resulte em cancelamento definitivo.

Mas isto não quer dizer que a Paramount Pictures iria desistir de Star Trek, uma de suas principais franquias no cinema. Em uma reportagem do New York Times, sobre os esforços do estúdio para dar a volta por cima nas finanças, a franquia Star Trek surgiu como parte dos planos futuros do estúdio. E sobre isto, o presidente do grupo de filmes da Paramount, Wyck Godfrey, que se juntou ao estúdio em 2017, disse que o filme de Star Trek preparado por Tarantino, pode ser a bola da vez do estúdio, para recuperar o fôlego:

“Imagine, por exemplo, a Paramount dando ‘Star Trek’ a Quentin Tarantino. De repente, os olhos das pessoas se iluminam”, disse Godfrey.


[RM-RS – Hollywood Reporter – Variety – Deadline – New York Times]


 

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarBlogger-150x150 Star Trek: Paramount congela "filme 4" e foca em "filme de Tarantino"

Maxiverso

A equipe do Maxiverso é composta de redatores e escritores especialistas em diversas áreas, de modo que as notícias postadas serão sempre redigidas e revisadas pelos membros mais qualificados de nosso time.

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top