Maxiverso

Resenha: Vampirella – Grandes Mestres

Lançado em 2015, o título Vampirella – Grandes Mestres reúne histórias dos autores Grant Morrison e Mark Millar. Ambos, juntos, em Mal Ascendente e Guerra Santa, e Morrison individualmente em Jogo Sangrento. Já Millar assina sozinho Um Dia no Inferno.

Na história principal, escrita pela dupla, a vampira ressurge para realizar o que foi ordenado por sua mãe, Lillith: dizimar os vampiros da Terra. Pra isso ela conta com vários aparatos, como as clássicas, água benta e a estaca de madeira. Mas também tem muita tecnologia em balas com a cruz grava, granada de água benta, entre tantas outras.

A história envolve algo além de vampiros e nisso entram os vilões, que fazem parte da máfia italiana e o Antivaticano (que nada mais é que a ordem religiosa às avessas) e o líder da máfia, Von Kreist, um imortal que lidera um enorme grupo de vampiros que tentam dar trabalho para a Vampirella.TNVampirellaShirtBloodDrive-300x300 Resenha: Vampirella - Grandes Mestres

Von Kreist pretende implantar as idéias do Antivaticano nos Estados Unidos e dominar o país, e aqui a trama apresenta mais uma personagem, Dixie, filha do antigo líder da máfia, morto por ela própria, sendo coagida pelo imortal e sua irmã Pixie a se torna uma vampira, depois de morta pelo pai, também enquanto era coagido…

Apesar de Vampirella não ser afetadas pelos “defeitos vampíricos”, o vilão ainda consegue retardá-la, e pensa ter vencido a vampira por duas vezes, o que a deixa ainda mais nervosa. Mas ela não termina o serviço sozinha, contando com a ajuda de uma ordem religiosa de freiras caçadoras de vampiros. Estas, também possuem muita tecnologia para o combate aos mortos-vivos e é um detalhe muito importante dessa ordem que deixa a história mais interessante, inclusive para o desfecho.

Destaco aqui, além de todo o poder da personagem, que os roteiristas fazem questão de colocar algo mais do que porradaria. Tem muita estratégia envolvida nas lutas e nas buscas por soluções práticas para a resolução dos problemas.

A personagem tem uma conotação sensual muito presente nas histórias, muitas páginas – e parte do enredo – são baseadas nisso, e até mesmo os desenhos da artista Amanda Conner deixam isso explícito. E apesar da edição da Mythos não vir com nenhum tipo de censura, imagino que não seja o tipo de leitura ideal para uma criança.

Essa é a minha dica da semana. Continuem acompanhando! Um feliz Natal a todos os maxileitores!

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarJean-150x150 Resenha: Vampirella - Grandes Mestres

Jean Bonjorno

Formado em jornalismo, leitor de quadrinhos, costumava escrever alguns poemas quando adolescente. São Paulino, antes de entrar pro mundo dos quadrinhos, colecionava camisas de futebol (hoje não é possível manter as duas coleções =/). Baixista e roqueiro, por que tudo na vida tem que ter uma trilha sonora... e que seja uma boa trilha sonora!

2 comments

  • Elaine Punho:

    Vam pirella sempre me irritou. É um daqueles casos de s e x ualidade extremada de um personagem, mas que nao se traduz em historias ou momentos s e x ies, muito menos de p o r n ografia. E isso me incomoda. Fica no me engana que eu gosto. Só insinuações. Ao contrario de Druuna que entrega o que promete, a Vampirella só fisga mesmo, mas depois a gente ve que nao tem nada ali que justifique o hype. Ai vem uma obra desse quilate, por esses artistas e a gente fica esperançoso de que agora o conteudo sera pela primeira vez decente no sentido de uma historia boa e sem se ancorar nas curvas e na expectativa de s e x o com a protagonista. Vou comprar! Boa dica!

    • Jean Bonjorno
      JEAN RODRIGO BONJORNO:

      Ainda acho que tenha bastante coisa mais apelativa, digamos assim, por ser a Vampirella, mas acho que é mais do que simplesmente só exploração das curvas e sensualidade dela…
      Sendo sincero, é a primeira HQ dela que leio.

      Espero que goste… Hehe

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top