Maxiverso
CINEMACinemaDiversosEspeciaisNERD + GEEKSci-FiStar Wars é ficção científica sim
StarWarsWallpaper1

Star Wars é ficção científica sim

Desde que a trilogia prequel de Star Wars foi lançada, o debate sobre o gênero nas quais os filmes da saga se enquadrariam ganhou força e popularizou-se, seguindo a tendência de dicotomia que parece acometer a tudo que existe na sociedade atualmente (ou você gosta de A ou B, ou defende ferrenhamente A ou B, e o pior, se A é bom, B não é, etc.).

O caso é mais ou menos o seguinte: para os fãs de sci-fi hardcore (ou seja, os admiradores da ficção mais fiel à ciência), Star Wars não pode ser considerado ficção científica, mas ‘apenas’ uma fantasia.

Entendo os preceitos que fazer muitos pensarem assim, pois existem argumentos sacramentados nesse debate, que poderiam justificar essa linha de raciocínio (porém estão equivocados, conforme demonstrarei).

Mas também é o caso de várias pessoas pensarem assim apenas por conta dessa polaridade que assola o comportamento humano nos tempos atuais, em que ao se gostar de uma saga comumente aceita como sci-fi, por exemplo, é necessário “defendê-la com unhas e dentes em detrimento daquela outra”, e, para isso, não se aceita que a tal outra seja incluída na mesma categoria, ficando sub-entendido então que ela é, digamos, ‘inferior’.

Mas, enfim, vamos tentar elucidar o presente caso com base em fatos e conceitos fundamentados, e não em opiniões meramente subjetivas. Nos links abaixo estão as quatro partes na qual este artigo foi dividido, para facilitar a leitura e compreensão, já que se trata de um tema espinhoso e muito longo:

Parte I – Definindo o “que é ficção científica”

Parte II – Analisando a saga de forma criteriosa

Parte III – Desmistificando argumentos contrários

Parte IV – Conclusão

O ideal é que o artigo seja lido na íntegra, pois todas as partes são importantes para a compreensão da idéia aqui apresentada, e contém argumentos, fontes e exemplos que fundamentam a conclusão final. Pra começar, um tease: vendo a cena abaixo, você diria que o filme a qual ela pertence, é de ficção científica ou fantasia? 😉

StarWarsImperadorEstrelaMorte Star Wars é ficção científica sim

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarRalph-144x144 Star Wars é ficção científica sim

Ralph Luiz Solera

Escritor e quadrinhista, pai de uma linda padawan, aprecia tanto Marvel quanto DC, tanto Star Wars quanto Star Trek, tanto o Coyote quanto o Papaléguas. Tem fé na escrita, pois a considera a maior invenção do Homem... depois do hot roll e do Van Halen, claro.

42 comments

  • Maricota:

    bom, depois de tudo que eu li aqui, nao restou muita duvida mesmo rs… é ficção científica sim

  • Pedroom:

    Não sei porque o pessoal briga quanto a classificação de um filme, pois o filme está acima do gênero que está classificado. Digo pois também entrei numa discussão dessas não faz muito tempo. A conclusão foi meio óbvia, que Star Wars é uma fantasia de ficção-científica. Mas ser fantasia ou sci-fi ou ambos não muda muita coisa né? Eu defino Star Wars como uma história de cavaleiros ambientada em um mundo sci-fi.

  • Mariane:

    é um space opera, nisso todos concordam… e qual a definição de space opera? é um subgenero de ficção científica… logo, SW é ficção científica… só isso já bastava pra encerrar o assunto… ainda assim vc fez um trabalho excepcional nesse artigo, parabens… cheguei nele por um post do Conselho Jedi SP… parabéns!

    • Flavio Decep:

      hehehe resumiu o que eu penso do assunto

  • zoomer:

    “ah mas da pra transportar a história pra epoca medieval”… meu filho, em que maldito manual ou definicção de ficcao cientifica diz que isso tira um filme do genero??? alias, como o texto diz, toda scifi pode ser transportada pra outro cenario, simplesmente pq os humanos fazem seus scifi inspirados em alguma experiencia real aqui da Terra… chupem todos que acham que Star Wars eh fantasia!

    • Isla:

      Perfeito!!!

  • Sol:

    finalmente alguem poe um ponto final nessa historia idiota que haters e fãs de Star Trek inventaram que SW seria fantasia… chorem, haters!

    • Pedroom:

      Eu acho que Star Trek é mais sci-fi que o Star Wars pois o discurso científico está presente em ST mas não aparece em SW. Star Wars é bem mais fantasioso que Star Trek, é feito mais para a “família”, enquanto Star Trek é mais adulto e voltado para o público de sci-fi.

  • Lindomar Costa:

    Afirmam que SW é ficção científica SIM o IMDb, Rotten, IGN, Rolling Stone, Letterboxd, The Movie DB, SciFiAbout, Best Science Fiction, SciFi Group America e especialistas sobre o assunto no mundo inteiro. Definições clássicas de ficção científica categorizam perfeitamente SW como ficção científica (space opera, sci-fi soft).

    O autor do texto compilou tudo isso e mais mil comprovações de que SW é sci-fi.

    Mas aí vem vc, haterzinho de b*sta, com base em achismos estapafurdios como “ah mas pode ser ambientado em outro cenário”, “ah mas no fundo é uma história medieval” e “ah mas não explica tudo o que é mostrado” e outros bullshits clássicos e é VC que está certo. É fantasia. Sim, porque sim.

    Certíssimo.

    Parabéns pra vc.

    Fica ai se remoendo… perdeu feio!

    • Monkey:

      Aplaudindo com os pes pq com as maos to digitanndo rs

  • Watchman:

    Não sei por que há tanta necessidade de rótulos e categorias, mesmo porque de acordo com os bons dicionários esses termos são quase sinônimos… mas se fosse pra escolher entre Ficção ou Fantasia, eu diria que Star Wars é fantasia com elementos de ficção. Pra mim ficção como categoria de histórias se trata de algo onde os elementos da ficção científica (robôs, armas laser, espaçonaves, etc.) são centrais ou muito importantes na história; já na fantasia (seja ela futurista, medieval, sobrenatural, etc) o elemento central é a magia que as coisas fantásticas trazem, aquelas coisas que fazem o espectador imaginar, sonhar, fantasiar. E no caso de Star Wars existe todo um universo fantasioso, com seres fantásticos, mundos fantásticos, guerreiros fantásticos… o fato de ser espacial ou não apenas torna tudo mais especial, mas poderíamos ter as mesmas histórias se passando em um universo mágico, medieval ou até mesmo contemporâneo sem que deixasse de ser fantasioso e fantástico.

    • Luiz Gustavo:

      claramente nao leu o artigo…

    • Francisco Camacho:

      o texto tem uma p*ta explanação de como não se deve analisar o assunto com bases pessoais e fala claramente que devem ser usados conceitos aceitos por convenção mundial sobre o tema e ai o cidadão vem e desembesta a falar m*rda com o clássico “pra mim, ficção científica é…” PQP meu filho pra vc scifi pode ser até novela da Globo, ou o contrário, pra vc nem Duna pode ser scifi, nao importa, o assunto não é pessoal, não é o que vc acha ou o que fulano acha… aff… leia todas as partes do texto pra ver se aprende um pouco

  • Orelha:

    excelente texto parabens
    É FICÇÃO SIM… pode chiar, reclamar, achar ruim, ficar de mimimi, lembrar da Força, dizer que é “fantasia”, posar de sabe tudo, fazer cara de quem entende mais que osoutros, bla bla bla… vai continuar sendo FICÇÃO CIENTÍFICA
    ponto

  • Pedro Henrique:

    durante toda minha vida ouvi de alguns “entendidos” que Star Wars era fantasia, e eu não sabia como argumentar com eles, e engolia aquilo, mas nunca me pareceu verdade… agora entendo o motivo de não parecer verdade, é porque não é verdade, Star Wars é ficção científica sim, e depois de ler tudo o que vc falou, não tenho mais nenhuma dúvida disso, é uma verdade incontestável

  • DS9/BSG:

    Parabéns pelo texto, vinha procurando algo com mais embasamento pra formar uma opinião e encontrei.

    Não consigo imaginar um filme com uma arma de destruição planetária como a Estrela da morte não ser FC, tanto que Rogue One vai dar algumas explicações sobre a origem desse terror tecnológico e a animação Rebels, da mais detalhes sobre o sabre de luz.

    Sou trekker, mas tenho que concordar que Jornada nas estrelas tem muita fantasia, poderia citar a morte do Spock nos filmes 2 e 3, onde ele passa seu espírito para o Mckoy tocando na cabeça do dr. (tipo ligaum timer) e depois o espírito e o “novo” corpo do Spock são unidos pelos vulcanos sabe-se lá como… isso é fantasia total estilo a força…

    Gosto das duas franquias.

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Luiz Solera:

      Obrigado DS9! Como demonstramos, SW tem elementos mais do que suficientes para ser considerado FC, e os alegados motivos para classificar a saga “apenas” como fantasia são totalmente infundados. A menos, como vc mesmo já percebeu, que o critério seja o mesmo para todas as obras do cinema que tratam do tema, e assim Star Trek por exemplo tb teria que ser classificada como fantasia. Tb sou trekker, de modo que posso falar desse assunto sem problema rsrsrs… abraço!

  • Rodrigo:

    Como trekker cinquentão posso aqui dar meu aval à sua excelente teoria e concordar que diante de tudo que você apresentou, podemos dizer que Star Wars é ficção científica sim. Parabéns pelo ótimo texto.

  • Márcio Sampaio:

    Claro que e scifi… mas a questão é:

    a) Quem é trekkie não vai concordar, não importa quantos argumentos vc tenha. Não concordam “porque não e pronto”…

    b) Quem é hater não vai concordar. Pelo mesmo motivo do trekkie.

    c) Quem é cabeça dura não vai concordar… pq não aceita que existem subgêneros scifi que não exigem fidelidade à ciência, que permitem elementos de outros gêneros (como fantasia), etc.

    4) Quem é troll não vai concordar… pq é troll.

    • José Marques:

      Alguns trekkers aceitam sim, pois não são todos que são fanboys, assim como ocorre no caso Marvel/DC. A questão é puramente de argumento: o artigo demonstra como, mesmo que não se goste da idéia, Star Wars é ficção científica sim.

  • ron perez:

    Space opera Puro!!!

  • José Marques:

    Não deixem de ler as outras partes… principalmente a conclusão… fantástico!!! Digitando com os pés, porque com as mãos estou aplaudindo!

  • Toninho:

    Claro que é sci-fi… nem precisava um texto desse tamanho pra afirmar o óbvio… mas vc mandou bem sim, esclareceu diversos pontos obscuros nesse debate e matou a pau ao confrontar os fatos com as baboseiras que falam por aí sobre esse assunto…

  • Gérson Curica:

    É tão – tão – bom ler um artigo sobre isso que fundamente sua opinião. Vc é um herói! Parabéns!

  • Fernando:

    Parabens. Esse é o melhor texto que ja li sobre esse assunto. Parabens pela pesquisa. Vi o post num grupo de SW no Face e muita gente se digladiando sobre o assunto, mas a gente nota que quem discorda de vc nao consegue derrubar seus argumentos… acabam ficando na opiniao pessoal, no achismo… as vezes confrontam um argumento ou outro mas vc usou tantos que acabam sobrando muitos.

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Solera:

      Obrigado, Fernando! É um assunto complexo sim, e isso significa que existem outros pontos de vista além do meu. Abraço!

  • Marcelo Eduardo da Cruz:

    Cara, parabéns pela pesquisa e tudo mais, mas discordo disso tanto quanto discordo de categorizar Star Wars como fantasia. Primeiro: Não me ofendo de chamarem Star Wars de Ficção Científica e não me ofendo de chamarem de Fantasia (ao contrário do, convenhamos, teor de seu texto) tampouco. Dito isso, segue minha opinião sobre o caso:

    Pra mim eé melhor categorizar que Star Wars é um pouco de ambos. Chamando Star Wars “sci-fi” ignora seus elementos de fantasia, tais como a Força; mas chamar Star Wars de “fantasia” ignora a sua localização interplanetária e toda aquela sensação que você descreveu no artigo.

    A melhor categoria para Star Wars pode ser a “fantasia científica” (https://en.wikipedia.org/wiki/Science_fantasy), um subgênero que combina elementos de sci-fi e do sobrenatural. Não há necessidade de forçar Star Wars em uma caixa de gênero sci-fi ou fantasia quando seus componentes de ficção científica e de fantasia trabalham muito bem juntos e em harmonia.

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Solera:

      Oi Marcelo, obrigado! 🙂 Bem pertinente sua consideração… acho que SW pode ser sim categorizada como Fantasia Científica… também! Ou seja, acaba sendo um filme de vários gêneros (subgêneros)… isso porque ela tem todas as características de uma space opera e é aceita como tal, e space opera é um subgênero de ficção científica, então não há muito o que questionar nesse sentido. Nesse sentido, chamar de space opera não ignora nenhum de seus elementos, pois esse subgênero comporta ambos. Lembrando que space opera é sci-fi soft, e uma das características do mesmo é não seguir tão perfeitamente os ditames científicos.

    • Marcelo Eduardo da Cruz:

      Tudo bom, Ralph? Aliás, esqueci que depois desse artigo pude notar muito mais os aspectos de sci-fi nos filmes. Uma pena que (pelo que andei vendo) muita gente anda achando que categorizar como fantasia é algo inferior. Até isso o fã implica hahahaha Meus parabéns mais uma vez por sua pesquisa!

  • Jair Salles:

    Star Wars é fantasia. Fato. O conteudo prevalece sobre a forma.

    • Tony:

      é tão engraçado qd alguém vem num comentário e profere uma opinião sem o menor embasamento e ainda brada que aquilo é “fato” huhauhauhauahuahuahuah “Isso é assim. Fato.” uahuahuahuahuahuahuahuah que mané…

    • Lando Malheiros:

      Tirando a idiotice do “Fato.” (quer coisa mais idiota que falar isso em um comentário?) o que continua pegando é o tal lance do “conteúdo”. Pois então SW é ficção pq o conteúdo de Duna e Fundação, dois sci-fi mega-clássicos, é igual em termos de genero pois são óperas espaciais então ou consideramos Duna e Fundação fantasia ou então SW é ficção.

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Solera:

      Jair, vou responder só a segunda parte, ok? rs… o conteúdo de SW é sci-fi com elementos de fantasia, uma característica das space operas, um subgênero sci-fi. Se você ler o artigo todo vai compreender.

  • Franco Lucas:

    é… tenho que dar o braço a torcer… depois de ler isso vi que os argumentos que eu tinha não estão corretos… parabéns pelo texto e pela pesquisa!

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Solera:

      Legal saber, Franco, que vc leu e isso mudou seu jeito de pensar sobre o assunto. Bacana mesmo.

  • Leonidas:

    Agronopolos, como o artigo diz, isso ocorre com varios scifi… troque a nave de Alien por um.navio cargueiro… ou a Enterprise por uma diligencia do velho.oeste… e essas scifi nao deixam de ser scifi por isso 🙂 campeao

  • Agronopolos:

    A questão é simples:
    é possivel remontar a saga em uma era diferente da mesma? OBVIO que sim

    • Sandra Ferrari:

      A questão é simples: mais uma pessoa que chega com seu conceito pessoal pré formado e esquece que existem definições de ficção científica que explicam mais do que vc imagina. É possível remontar quase toda sci-fi em uma era diferente. Nem por isso elas deixam de ser sci-fi. Pesquisinha básica antes não deixa a gente passar vergonha. 🙂

    • Ilie Vasov:

      Um pusta artigo gigante, com trocentos mil argumentos, e o cara vem com essa idéia batida e tão facilmente respondida de que da pra situar SW em outra era… é muito amadorismo rs… vai lá campeão!

    • Ralph Luiz Solera
      Ralph Solera:

      Agronopolos, é óbvio que sim, mas isso não faz com que um filme deixe de ser sci-fi. A maioria dos sci-fi pode ser remontada em outro cenário, época, gênero. E ainda assim são sci-fi. Mas isso tudo é melhor explicado no texto, que vc não chegou a ler.

  • Seruel:

    claro que é ficção científica… quem discorda é trekkie fanático que acha que por uma ser FC a outra naum pode ser ou então acha que FC é o que ele acha e não o que se aceita como FC de forma geral

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top