Maxiverso
Spielberg-ufo

Steven Spielberg e a Ufologia – Parte 2

Na primeira parte deste artigo falamos da relação do cineasta Steven Spielberg com a ufologia. Agradecemos todos os comentários que os leitores postaram sobre o mesmo. Acompanhem agora a segunda parte e divirtam-se!

Invasão Terra (1998)

Em 1998, Steven Spielberg convidou o produtor Harve Bennett (O Homem de 6 milhões de Dólares, O Homem Invisível e os filmes de cinema de Star Trek), para criarem e produzirem em conjunto a série de TV animada  Invasion America (Invasão Terra) produzida pela Dreamworks Animation/Universal Studios, para ser exibida no Warner Channel. A série foi exibida no Brasil pela Rede Globo no programa TV Globinho.

A história de Invasion America começa no início dos anos 80, quando alienígenas humanóides do planeta Tyrus começam a iniciar seus planos para entrar em contato com a Terra. Cale-Oosha, o governante de Tyrus, examina o projeto de seu tio com a Terra. No entanto, seu tio, The Dragit, afirma que seu planeta moribundo deve invadir a Terra e apanhar seus recursos. Cale se recusa e uma guerra civil explode em Tyrus. Cale e Rafe, seu guarda-costas, treinador e amigo confiável, escapam para a Terra, disfarçando-se como seres humanos. Cale conhece Rita Carter, uma mulher humana.. ele se apaixona por ela, e eles se casam. Depois de um longo período fugindo das forças de Dragit na Terra, Cale volta a Tyrus para ajudar a fortalecer suas forças leais, o Ooshati, deixando Rita e seu filho, David, sob a proteção de Rafe. Nos dia de hoje, quando Dragit finalmente encontra a família, ele está determinado a matá-los, e a vida do adolescente David Carter é lançada em uma devastadora aventura para impedir Dragit, perder e ganhar amigos e descobrir quem ele é.

A série teve uma audiência mista e reviews não muito bem avaliados por parte da imprensa. Por fim, a produtora não recebeu sinal verde para uma próxima temporada e a mesma termina em aberto como “Fim do Livro Um”.

Invasão da Terra teve excelentes roteiros, mas infelizmente não teve mais temporadas aprovadas, apesar de ter ganhado muitos fãs. A série teve entre seus dubladores o ator Leonard Nimoy (1931-2015), o Sr.Spock de Star Trek, Ronny Cox (Robocop, Total Recall) e Lorenzo Lamas. A primeira temporada foi composta de apenas 13 episódios e termina em aberto, conforme já dissemos.

Evolução (2001)

O filme Evolution (Evolução) foi originalmente escrito como um filme de ficção-científica de horror. Steven Spielberg convidou o amigo Ivan Reitman (Caça Fantasmas) para a direção, e o mesmo reescreveu o roteiro dando a ele um tom de comédia. O filme foi lançado como uma co-produção entre os estúdios Dreamworks (de Spielberg) e Columbia Tristar. O filme também tenta aproveitar o sucesso do ator David Duchovny, famoso mundialmente devido ao seriado cult de grande sucesso, Arquivo X, do qual Spielberg era fã e cujo mote também tratava de ufologia. No filme, Duchovny, é um coronel da defesa americana que passa a investigar microrganismos extra-terrestres vindos de um meteorito que caiu no deserto do Arizona. Os microrganismos passam a se adaptar ao ambiente da Terra e a evoluir para novos seres, colocando em risco a vida na Terra. O filme conta também com a participação da atriz Julianne Moore.

O longa não teve o sucesso esperado, custando U$ 80 milhões e rendendo pouco menos de U$ 100 milhões, vindo a ter um desempenho melhor no mercado de home-vídeo. Para tentar alavancar uma franquia, uma série animada de TV foi criada , mas teve curta duração, sendo cancelada na primeira temporada por baixo interesse do público (talvez por ser bastante parecido com Homens de Preto).

Taken – minissérie – (2002)

taken Steven Spielberg e a Ufologia - Parte 2

Ousado projeto contado em forma de uma minissérie de ficção-científica em 10 capítulos, Taken é uma história ufológica que cruza o tempo, abrangendo cinco décadas e quatro gerações, tendo como centro três famílias: os Keys, os Crawfords, e os Clarkes. Na história, o veterano da Segunda Guerra Mundial Russell Keys é atormentado por pesadelos de sua abdução por extraterrestres durante a II Guerra Mundial (os chamados Foo Fighters); o incidente Roswell transforma Owen Crawford de um ambicioso capitão da força aérea para um conspirador secreto e sem escrúpulos do governo; Sally Clarke, infeliz no casamento, é engravidada por um visitante alien. À medida que passam as décadas, os herdeiros de cada um deles são afetados pelas maquinações dos alienígenas, culminando com o nascimento de Allie Keys, que é o produto final da “experiência” alienígena e carrega as chaves para o futuro da humanidade.

A minissérie foi produzida por Steven Spielberg, tendo como principal produtor e criador, Leslie Bohem, que já tinha no currículo produções como A Casa do Espanto III,  A Hora do Pesadelo V, Daylight e Inferno de Dante. Taken mostra desde fenômenos de avistamento de OVNIS, o caso Roswell, a Área 51, passando por abduções, acobertamento e conspiração governamental, entre outros.

Na série existe também o ponto de vista dos céticos, que não acreditam e acham tudo uma grande besteira. Foi uma ideia de Spielberg incluir este grupo na história, pois ele sempre esteve intrigado pelas razões que levam os céticos a não aceitarem o fenômeno, e também devido ao fato de os mesmos terem sido pouco explorados, tanto no cinema como na TV. Apesar de ser uma obra de ficção, Taken vai a fundo ao mostrar eventos inspirados em fatos reais, em anos de pesquisas ufológicas.

Taken foi exibida pelo canal Sci-Fi Channel e filmado em Vancouver, Canadá, a mesma região onde a popular série ufológica, Arquivo X (1993-2002), havia sido filmada. Inclusive no episódio God’s Equation, o seriado de Mulder e Scully é mencionado por um dos personagens. No episódio Maintenance, é a vez da menção a Star Wars, criada pelo amigo de Spielberg, George Lucas. No episódio Charlie and Lisa, é exibido o surpreendente e famoso discurso do presidente Ronald Reagan na ONU, quando ele fez referência à questão extraterrestre.

Um dos destaques de Taken é a jovem atriz Dakota Fanning, que depois atuaria em outra produção ufológica de Spielberg, Guerra dos Mundos.

Quando a minissérie foi lançada, o Sci-Fi Channel fez uma parceria com organização Coalition for Freedom of Information em sua campanha de promoção. Tanto o Sci-Fi Channel quanto a Coalition for Freedom of Information são clientes da empresa de relações públicas PodestaMattoon de Washington, DC,  e essa aparente cooperação de clientes foi criticada. A Coalition for Freedom of Information é um grupo que busca a abertura de arquivos ufológicos secretos governamentais, bem como credibilidade científica, parlamentar e de mídia para o estudo deste assunto.

Exibida no canal Sci-Fi Channel, Taken também foi transmitida no Brasil nos canais de TV a cabo FOX e HBO e na TV aberta pela Rede Bandeirantes.

Taken foi premiada como um Emmy Awards e um Golden Globe por “Melhor Minissérie”.

Aguardem o último artigo na próxima semana…

 

Fontes: Steven Spielberg Biography / Daily Mirror / Revista UFO / Wikipedia

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarRicardo-150x150 Steven Spielberg e a Ufologia - Parte 2

Ricardo Melo

Profissional de TI com mais de 10 anos de vivência em informática. Tem como hobby assistir seriados de TV, ir ao cinema e namorar!!! Fã de rock'n'roll, música eletrônica setentista, ficção-científica e estudos relacionados a astronáutica. Quis ser astronauta, mas moro no Brasil... Os anos 80 foram meu playground!

8 comments

  • Brita:

    Ricardo tem algum diretor ou ator que afirme que ja foi abduzido ou ja teve um contato imediato real?

  • Zé Choro:

    Interessante que o proprio admite que nunca teve um contato ou avistamento, mas vcs tentam de algum jeito dar a entender que ele se envolve em questoes ufologicas

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      Sim, realmente, ele nunca viu. Mas ele é um grande divulgador de ufologia em seus filmes e séries.

  • Chelsea:

    nao sabia que o Spielberg tinha parte naquela aberração de Evolução… o filme que sepultou as chances do Duchovny no cinema…

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      Com certeza Chelsea, além de ser uma comédia boba e chata, o Duchovny não convence . Meio que uma versão carbono e babaca do Mulder. Ainda bem que ele voltou para a TV, fazendo outros seriados legais.

  • Alicia:

    o que é o US 69 no boné dele na imagem do texto?

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      É referente a famosa Rota 69, uma autoestrada dos Estados Unidos. Faz a ligação do Sul para o Norte. A U.S. Route 69 foi construída em 1926 e tem 1 136 milhas (1 667,2 km). Famosa por filmes, livros, música…como se fosse nossa Via Anhanguera, ou Belem-Brasilia ou Dutra…

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top