Maxiverso

Devemos acreditar que o Capitão América é supervilão?

A indústria dos quadrinhos tem sacudido o mundo nas últimas duas semanas. Da mudança do logotipo da DC Comics e a estréia de Rebirth à notícia de que Mark Millar gostaria de um crossover entre Marvel e Star Wars, chegamos à polêmica do ano: a revelação de que Steve Rogers, o Capitão América, seria um agente da Hydra desde seu início como “super-herói”.

A notícia bombástica fez até Cris Evans, o ator que interpreta o bandeiroso nos cinemas, se posicionar com um “diga que não é verdade“.

A primeira reação dos fãs foi a de que se trataria de algum tipo de clone ou outra pessoa se passando por Steve, ou, no caso de ser ele mesmo, provavelmente o Cap estaria sob controle mental de algum inimigo – Caveira Vermelha?!

CaptainAmericaSteveRogers1-2016-300x300 Devemos acreditar que o Capitão América é supervilão?O problema é que tanto o roteirista da história quanto seu editor já declararam que não se trata de um embuste – pelo menos esses pensados pelos fãs. Segundo Nick Spencer e o editor Tom Brevoort “não se trata de um clone, um impostor, de controle da mente e ninguém no lugar de Steve. É realmente Steve Rogers, o Capitão América em pessoa“. Os dois confirmaram à Entertainment Weekly que, ao desenvolver uma história de espionagem e de agentes infiltrados da Hydra, pensaram que ninguém traria mais impacto, se revelado como agente duplo, do que o maior símbolo da lealdade à justiça, liberdade e verdade, ou seja, o Capitão América.

Na revista Steve Rogers – Capitão América #1 é contada uma história de flashbacks da vida do Capitão (que volta a usar a alcunha de Capitão América depois de recuperar sua juventude e força, que haviam sido “perdidos” quando o soro do supersoldado “perdeu a validade” e Steve deu lugar à Sam Wilson, que assumiu o manto e o escudo).

Na história, um dos flashbacks mostra a juventude de Steve e uma relação ainda não esclarecida de sua mãe com a Hydra. No final da história, já no presente, o Capitão manda uma saudação à Erik Selvig, que deixa todos embasbacados: “Hail Hydra!“.

Muitos sites já estão noticiando que o Capitão América sempre foi um supervilão ou que a história muda tudo o que se sabe à respeito de Steve Rogers.

Será isso verdade?

Ainda não temos certeza, mas é difícil de acreditar.

É claro que a Marvel pode ter decidido sim alterar o status quo do personagem, em nome de eventuais lucros que a repercussão terá. Mas será que fez realmente isso?

CapMjolnir1-300x300 Devemos acreditar que o Capitão América é supervilão?Algumas declarações ainda não oficiais a respeito do assunto, vinda de gente da Marvel, soltaram frases como “a honra do capitão não será maculada“. Podemos tirar disso que, ainda que seja o verdadeiro Steve Rogers mostrado na história, deve haver uma explicação razoável para tudo. Um motivo bom o bastante para que ele use a saudação da Hydra ou até mesmo tenha alguma ligação com a organização.

Dificilmente a Marvel iria “matar” um personagem dessa maneira. Comercialmente falando, seria um tiro no pé dos maiores da História da editora, ainda que inicialmente possa alavancar vendas de revistas. Mas a médio e longo prazo traria um prejuízo absurdo deixar de ter na figura do Capitão América alguém que representa o mesmo virtuosismo do Superman na DC Comics. Historicamente o Cap só perde para o Homem Aranha em popularidade na Casa de Idéias (mesmo que ela não se reverta em vendagens altas como as do Wolverine, por exemplo), além de ser um símbolo dos ideais de justiça, verdade e liberdade. Será que arriscariam arranhar esse “produto” apenas para vender mais revistas por uns meses?

Além disso, arriscariam perder milhões em arrecadação com licenciamento e com bilheteria dos filmes ainda vindouros da Marvel? Isso porque é o caráter e o bom mocismo de Steve que o elevam à alcunha de inspiração para os Vingadores – e a todos os heróis da Marvel de uma forma geral – e que se reflete na venda de camisetas e brinquedos.

CapMjolnir2-300x300 Devemos acreditar que o Capitão América é supervilão?Além das promessas de que a honra de Steve se manterá intacta após o atual arco de histórias, temos motivos sólidos para acreditar que, qualquer que seja a ligação dele com a Hydra, o Capitão ainda assim não é um “supervilão”, pois é o único personagem – fora os Thors que já existiram, evidentemente – a levantar o Mjolnir por duas vezes.

Se fosse de fato um vilão ou um agente duplo, será que ele conseguiria levantar o martelo de uru? A resposta é não. Além do Mjolnir, Steve ainda manipulou o Cubo Cósmico sem enlouquecer e já teve outras provas incontestes de que sempre foi, de fato, quem se mostrava.

Portanto, a não ser que a Marvel jogue no lixo tudo o que já foi mostrado do personagem, os fãs do Sentinela da Liberdade podem ter esperança de que, no final, tudo será esclarecido, e o nome do Capitão América continuará sendo o maior dentre as fileiras dos heróis da Casa de Idéias. Steve continuará sendo a inspiração máxima de caráter e liderança dentro da Marvel.

É o que esperamos.

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarRalph-150x150 Devemos acreditar que o Capitão América é supervilão?

Ralph Luiz Solera

Escritor e quadrinhista, pai de uma linda padawan, aprecia tanto Marvel quanto DC, tanto Star Wars quanto Star Trek, tanto o Coyote quanto o Papaléguas. Tem fé na escrita, pois a considera a maior invenção do Homem... depois do hot roll e do Van Halen, claro.

1 comment

  • Avatar
    Bruno Frete:

    Eu não acredito que o Steven seja realmente um vilão. OBS Meus filhos estão revoltados rsrs

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top