Maxiverso

Revista Empire presta tributo a Steven Spielberg com 5 capas diferentes

A revista britânica Empire Magazine, dedicada ao cinema, trará em sua edição de abril 2018 um tributo ao diretor Steven Spielberg, com várias matérias e entrevistas com os cineastas Martin Scorsese, J. J. Abrams, Christopher Nolan e outros, falando sobre o aclamado produtor e diretor de Hollywood, que explodiu para o mundo do cinema de forma planetária em 1975 com o filme Tubarão. A revista está saindo com cinco capas diferentes, de seus quatro filmes mais famosos: Tubarão (1975), Os Caçadores da Arca Perdida (1981) , E.T. – O Extraterrestre (1982), O Resgate do Soldado Ryan (1998). A quinta capa traz o seu mais recente lançamento Ready Player One, cuja revista conterá matérias inéditas e exclusivas dos bastidores de mais uma fantástica aventura sci-fi cyberpunk de Spielberg.

A Empire estará homenageando o homem que inspirou gerações inteiras de cineastas com uma constante relevância e domínio técnico, que continuam a estimular seus pares. Para esta questão muito especial, alguns dos melhores diretores de Hollywood renderam homenagem a Spielberg e seu formidável trabalho na publicação, detalhando seus filmes, momentos e memórias favoritas sob a forma de ensaios e entrevistas.

empire Revista Empire presta tributo a Steven Spielberg com 5 capas diferentes

O diretor novaiorquino Martin Scorsese, amigo de longa data, elogiou Spielberg por “reinventar nossa forma de arte com cada nova imagem“. O diretor de Os Bons Companheiros e Taxi Driver também mostrou um destaque nas obras posteriores de Spielberg. “Há uma luminosidade muito especial para suas últimas imagens: ele parece ter aproveitado diretamente a fonte de nossa forma de arte“.

Considerado um pupilo de Spielberg, J. J. Abrams (de Star Wars: O Despertar da Força) prestou homenagem ao falar sobre “Contatos Imediatos do 3° Grau”. “[Ele] atinge cada nota de forma épica. É engraçado, é assustador, é romântico, é emocionante. Há um espetáculo incrível e uma linda intimidade “.

Outro diretor do mais recente filme da franquia Star Wars, Rian Johnson (Episódio VIII – Os Últimos Jedi), não conseguiu escolher um filme favorito. Em vez disso, ele escreveu sobre como o catálogo de filmes anteriores de Spielberg quase inteiramente consiste em riscos criativos – como ir direto de Indiana Jones e o Templo da Perdição para A Cor Púrpura ou de Jurassic Park para Lista de Schindler. “O homem que alcançou tanto sucesso criativo e é popular como nenhum outro cineasta americano, chegou lá, não construindo uma marca ou filmando com segurança, mas, ao mesmo tempo, dando saltos selvagens para o desconhecido, mesmo diante do tônico anti-crescimento mais estressante conhecido pelo homem: sucesso maciço“.

Christopher Nolan falou sobre o filme Caçadores da Arca Perdida. “Isto é um filme verdadeiramente mágico, escapismo verdadeiro. Lembro-me de vê-lo como uma criança no subúrbio de Chicago, no Edens, onde havia uma enorme tela de cinema. Foi uma experiência tremenda”.

A Empire também trouxe depoimentos de Edgar Wright (Em Ritmo de Fuga), os irmãos Duffer (Stranger Things), J. A. Bayona (Jurassic World – O Reino Ameaçado),  Colin Trevorrow (Jurassic World), entre outros.


[RM-RS –  Empire]


 

Avaliação
The following two tabs change content below.
AvatarBlogger-150x150 Revista Empire presta tributo a Steven Spielberg com 5 capas diferentes

Maxiverso

A equipe do Maxiverso é composta de redatores e escritores especialistas em diversas áreas, de modo que as notícias postadas serão sempre redigidas e revisadas pelos membros mais qualificados de nosso time.

8 comments

  • Nilza:

    Merecia 10 capas rsrs

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      Ou mais…:)

  • Carnival:

    Shia LaBeouf discorda: “Eu cresci com essa ideia de que, se você trabalhar com Spielberg, você está feito. Quando você o conhece de verdade, e chega a esse ponto da carreira, você percebe que ele não é o Spielberg dos seus sonhos. Ele está em uma fase diferente da carreira. Ele não é mais um diretor, e sim uma empresario”, criticou. “Eu não gosto dos filmes que fiz com ele. O único que talvez goste seja o primeiro Transformers [que Spielberg produziu]. Com Indiana Jones, eu passei um ano e meio me preparando para aquilo, e quando o filme saiu e os fãs não gostaram, a culpa foi minha. É complicado”, disse ainda. Curiosamente, LaBeouf reservou mais elogios para outro diretor com quem trabalhou em Transformers: Michael Bay. “Ele é um artista”, foi tudo o que LaBeouf teve a dizer.

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      Shia LaBeouf é bem relevante hoje em dia…vive indo pra cadeia…passando por reabilitação..e NÃO vai estar no Indy 5 !!!

  • Raoni:

    Um genio do cinema, talvez o maior diretor da atualidade e dos ultimos 30 anos. Sinceramente, nao vejo ninguem acima dele… veja qts filmes de alto nivel ele fez no periodo? E os “fracassos”, como Amistad e Cavalo de Guerra, sao fracassos apenas de bilheteria, mas sao tecnicamente excelentes.

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      Está entre os grandes da história do cinema…

  • Benedito Santos:

    Spiwlberg merece todaas as homenagens

    • Ricardo Melo
      Ricardo Melo:

      O verdadeiro “Mercador de Sonhos”…

leave a reply

Contate-nos

Contate-nos por email ou nos procure nas redes sociais

soleblog.brasil@gmail.com

  • Top 7 personagens icônicos de séries
  • Top 7 Filmes diferentes do convencional
  • Top 7 Maiores Compositores de Trilhas Sonoras do Cinema
  • Top 7 robôs mais importantes da ficção II
Back to Top