Atualizações do Mundo Geek – Março 2020

Nova versão de Além da Imaginação é cancelada após a 2° temporada

jordam Atualizações do Mundo Geek - Março 2020

Segundo o The Hollywood Reporter, o reboot do seriado Além da Imaginação (Twilight Zone), produzido pelo cineasta Jordan Peele, não terá uma terceira temporada… e isto não é motivado pelo canal que o transmite, que queria continuar com o mesmo, mas sim pelos próprios produtores da série (Peele e Simon Kinberg). O reboot que foi lançado pelo canal de stream CBS All Access em 2019 e totalizou um total de 20 episódios durante duas temporadas era bastante popular no canal de stream, que agora passará a se chamar Paramount +, mas os produtores optaram por encerrar a série.

Anúncios

A produção aborda temas como viagens no tempo, histórias sobrenaturais, vidas em outros planetas, dentre outros.

A versão original de The Twilight Zone, criada por Rod Serling, estreou em 1959 e ficou no ar até 1964 e é um dos maiores clássicos da História da televisão, influenciando filmes e produções até os dias atuais.

Este é o terceiro reboot do seriado. As anteriores foram nos anos 80 e 2000. Além das séries, existe um filme de Além da Imaginação para o cinema produzido por Steven Spielberg, que ficou conhecido no Brasil como No Limite da Realidade(1983), mas não fez muito sucesso.

 

Galaxy Quest: Sigourney Weaver acha possível segundo filme acontecer

quest Atualizações do Mundo Geek - Março 2020

O filme Galaxy Quest (Heróis Fora de Órbita, no Brasil) foi lançado em 1999, com um elenco de primeira linha: Tim Allen, Sigourney Weaver, Alan Rickman, Sam Rockwell, Tony Shalhoub, Enrico Colantoni, Missi Pyle e Justin Long, que se transformam nos aventureiros do espaço, em uma divertida paródia de Star Trek. O filme não chegou a ter grandes bilheterias, mas se tornou cult com o tempo, após ganhar prêmios internacionais de ficção-científica como o Nebula e o Hugo Awards além do Saturn Awards, batendo concorrentes de peso como Star Wars: Episodio I – A Ameaça Fantasma, e Matrix.

Por muitos anos se especula sobre uma continuação, e a pouco tempo a Amazon Prime chegou a anunciar uma produção de uma série de TV, com o elenco original e novos atores, mas infelizmente a morte do ator Alan Rickman em 2016 fez os planos serem adiados. Desde então existem rumores de que o seriado poderia ainda ser feito, reforçado por comentários dos atores originais ao longo dos anos.

Isto foi reforçado novamente em uma entrevista recente ao site Collider pela atriz Sigourney Weaver, onde comentava a respeito do seu novo filme, My Salinger Year, onde ela confirmou que um renascimento da franquia estaria em andamento.

“Eles estavam no meio de revivê-lo. Em primeiro lugar, havia outro script. Houve uma sequência escrita por nosso escritor, Bob Gordon. O filme era tão espirituoso e, quando o lançaram, a DreamWorks cortou muitas das cenas mais espirituosas porque queriam lançá-lo como um filme infantil no Natal. Acho que foi decepcionante para todos, então ele decidiu não deixar que eles ficassem com o segundo. Porém, há cerca de quatro anos, Bob e (produtor) Mark Johnson e todo o grupo começaram a desenvolver uma série. Perdemos o maravilhoso Alan [Rickman] inesperadamente, então isso foi colocado na naftalina, mas acho que eles estão finalmente revivendo-o.”

De acordo com Weaver , o roteiro do novo filme Galaxy Quest avançará no tempo, com um novo conjunto de atores encontrando o elenco veterano.

“Será a história dos antigos Galaxy Questers sendo trazidos para esta série com outro elenco jovem. Eu não li (o script), então não sei os detalhes, mas acho que todos do Galaxy Quest adorariam participar porque foi uma experiência maravilhosa para nós. Como eles vão encontrar alguém para fazer o papel do Alan, não sei, mas acho que eles têm uma ideia muito boa de quem fazer. Ele é insubstituível, eternamente. Acho que pode haver boas notícias sobre isso, mas não ouvi nada sobre esse projeto nesses seis meses, então quando isso vai acontecer, não tenho certeza.”

Recentemente, um documentário sobre os 20 anos do filme foi lançado via stream e nos cinemas.

 

Sequência de Distrito 9 já tem roteiro.

Em um post no Twitter, o diretor Neill Blomkamp confirmou que está desenvolvendo a sequência de Distrito 9. O cineasta afirmou que o projeto se chamará Distrito 10 e terá de volta os roteiristas Sharlto Copley e Terri Tatchell, do primeiro longa:

Lançado em 2009, Distrito 9 mostra uma raça alienígena que chega à Terra em busca de refúgio, já que seu planeta está morrendo, e eles passam a viver em uma área separada na África do Sul, chamada Distrito 9. No entanto, o local se torna precário, já que a empresa responsável não está preocupada com os alienígenas e sim com a tecnologia que eles possuem.

O longa arrecadou US$ 210 milhões na bilheteria mundial e chamou a atenção por trazer uma discussão mais real sobre como a humanidade lidaria com a chegada de seres de outros planetas. Desde então, os fãs pedem por uma sequência. Não existem mais detalhes sobre filmagens ou lançamento. Ficamos no aguardo.

 

Exterminador do Futuro terá anime no Netflix

Segundo o site THR, a franquia Exterminador do Futuro ganhará um anime (desenho animado em estilo asiático, muito popular no Japão e países da Ásia) em breve produzido pela Netflix. O co-roteirista do futuro The Batman, Mattson Tomlin, foi escolhido para trabalhar na nova série anime como produtor-executivo e showrunner. Em um pronunciamento oficial, ele se disse honrado de poder “abordar o Exterminador do Futuro de uma maneira não-convencional que subverta expectativas e tenha coragem. A série de anime vai explorar este universo de forma única. Mal podemos esperar que os fãs experimentem um novo capítulo incrível na batalha épica entre máquinas e humanos.” De acordo com ele, conforme o mesmo comunicado oficial, os episódios da nova série vão quebrar convenções estilísticas: “Qualquer pessoa que conheça minha escrita sabe que acredito em grandes oscilações emocionais”, comentou, agradecendo à Netflix pela oportunidade de trabalhar com essa produção.

terminator Atualizações do Mundo Geek - Março 2020

A Skydance produzirá o anime junto com a Production I.G, responsável pela versão mais recente de Ghost in The Shell, que ficará responsável pela nova série, sobre a qual ainda não haja previsão para chegada à plataforma Netflix. Também não se sabe ainda em que ponto da linha temporal da franquia O Exterminador do Futuro a animação se encaixará. Como o projeto ainda se encontra em seus estágios iniciais, detalhes acerca do enredo estão sendo mantidos sob sigilo.

Entre 1984 e 2019, O Exterminador do Futuro teve seis filmes e uma série de TV live-action (Terminator: The Sarah Connor Chronicles). O Sexto longa da franquia criada por James Cameron, O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é dirigido por Tim Miller e ignora todas as continuações feitas após Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (1991), já que os filmes 3, 4 e 5 não haviam agradado os fãs. Mas, infelizmente, o sexto filme também não caiu nas graças dos admiradores da franquia.

 

Jurassic World – Acampamento Jurassico – 3ª temporada ganha poster, trailer e data de lançamento.

jurassic3 Atualizações do Mundo Geek - Março 2020A franquia Jurassic Park foi ressuscitada há pouco tempo com os filmes Jurassic World, cujo terceiro filme, Jurassic World: Dominion, será lançado em 2022. Enquanto ele não vem, a Universal, Dreamworks e a Netflix, lançaram uma série animada, Jurassic World: Acampamento Jurássico (Jurassic World: Camp Cretaceous), lançado em 2020, contando uma história paralela que ocorre no parque entre os eventos do primeiro e segundo filme. A animação foca na excursão de seis adolescentes que foram convidados para conhecer o parque e que acabam ficando sozinhos na Isla Nublar quando o desastre acontece, precisando se unir para sobreviver e descobrir uma forma de deixar a ilha em segurança. Por sorte, um dos personagens, Darius, sabe tudo sobre dinossauros, espécies e comportamentos, e também sobre a região, o que vem ajudando o grupo a se manter vivo. A segunda temporada mal estreou em janeiro de 2021 e já estava entre os programas mais assistidos da Netflix, que já confirmou uma terceira temporada.

A Netflix anunciou que lançará a terceira temporada em sua plataforma a partir do dia 21 de maio deste ano. Em uma entrevista ao site Comic Book, um dos criadores da animação, Scott Kreamer disse que: “ainda tem muitas histórias a serem contadas com esses personagens. Pois ainda existem detalhes colocados na 1ª temporada que prometem retornar para serem fechados”.

O produtor executivo da série, Colin Trevorrow, disse que existe uma história maior sendo contada e que no final da 2ª temporada foi possível ver os jovens descobrindo um mistério e uma conspiração que os levará a um mundo muito mais perigoso do que eles jamais imaginaram.

Ele ainda confessa que adora o fato de que os personagens descobriram que outras pessoas podem chegar onde eles estão, e que isso faz com que seja pior ainda que eles ainda estejam presos lá. Por isso, eles não pretendem esperar por ninguém para salvá-los dessa situação. Eles se juntarão para resgatarem a si mesmos.

Confira o trailer abaixo :


[RM-RS – The Hollywood Reporter / Collider / Neill Blomkamp / THR / Netflix / Comic Book]

printfriendly-pdf-email-button-notext Atualizações do Mundo Geek - Março 2020
The following two tabs change content below.
AvatarBlogger-150x150 Atualizações do Mundo Geek - Março 2020

Maxiverso

A equipe do Maxiverso é composta de redatores e escritores especialistas em diversas áreas, de modo que as notícias postadas serão sempre redigidas e revisadas pelos membros mais qualificados de nosso time.

12 thoughts on “Atualizações do Mundo Geek – Março 2020

  1. O Exterminador do Futuro se passa na linha do tempo original. Nesta realidade, no futuro pós-apocalíptico de 2029, a Skynet decide iniciar o Dia do Julgamento. Após uma guerra entre humanos e máquinas, a inteligência artificial descobre sua derrota e para evitar isso, envia um exterminador (T-800) para o passado, para 1984, para matar então Sarah Connor, antes mesmo dela engravidar de John Connor, líder da Resistência Humana. Porém, ao fazer isso, ela acaba criando um Paradoxo de Predestinação, no qual a própria Skynet será responsável pelo nascimento do John Connor, pois ao final do filme, se descobre que Sarah engravida de Kyle Reese, um soldado da Resistência enviado ao passado para proteger Sarah.

    O Exterminador do Futuro: O Dia do Julgamento (T2) inicia também na linha do tempo original, onde agora (em 1997) Sarah prepara seu filho John para a a guerra contra as máquinas, mas acaba presa. No futuro, John Connor envia para o passado outro T-800, desta vez reprogramado, com o plano de impedir que a Skynet seja construída e para proteger ele mesmo, mais jovem, enquanto a Skynet envia um T-1000, um exterminador mais evoluído, com a missão de matar John Connor. Ao final do filme, com a destruição de toda tecnologia do futuro encontrada no passado, uma nova linha do tempo é criada, pois o Dia do Julgamento acaba sendo adiado: linha do tempo 2 (não mais a original).

    A série Crônicas de Sarah Connor se passa em 1999, logo após os fatos do segundo filme da franquia, ou seja, ignora os fatos do terceiro, mostrando uma linha alternativa indefinida. Nesta realidade, mãe e filho tentam sobreviver e continuam fugindo de um novo exterminador chamado Cromartie. Agora eles contam com a ajuda de uma outra ciborgue enviada pelo John do futuro, chamada Chameron Phillips. A série foca bastante no relacionamento de mãe e filho e também no relacionamento da ciborgue com John, que eventualmente acaba se apaixonando por ela.

    O Exterminador do Futuro: A Rebelião das Máquinas (T3) inicia na linha do tempo 2, após T2 e ignorando a série. Ocorre em 2004 e John agora vive sozinho. No futuro (2032), a primeira batalha entre humanos e máquinas está prestes a ocorrer e mais uma vez, para eliminar John Connor e os outros líderes dos humanos, e também para iniciar sua própria criação, as máquinas enviam a exterminadora T-X ao passado, e aqui uma nova linha do tempo é criada, linha 3. Para proteger Connor, desta vez é enviado um ciborgue mais moderno, o T-850. Neste filme também conhecemos Kate Brewster, futura esposa de Connor e responsável por mandar o T-850 para o passado, visto que John já havia morrido no futuro da linha 2. No filme, Kate, John e T-850 descobrem que o novo Dia do Julgamento já começou, pois a Skynet está se rebelando e planeja o lançamento de armas nucleares contra a Rússia. O casal se protege em uma bunker de sobrevivência. É dentro deste local que John começa a articular a sobrevivência humana, pois não conseguiram evitar a continuidade da linha 3.

    O Exterminador do Futuro: A Salvação (T4) ocorre após o Dia do Julgamento, em 2018, na linha do tempo 3, criada no filme anterior. Ninguém é mandado para o passado neste filme, mas é nele que conseguimos ver o primeiro T-800, o do primeiro filme, sendo ativado diante o John Connor. De todos os filmes, este pode ser ignorado em termos de consequências, pois não altera em nada o destino dos personagens. Aqui John Connor interage diretamente com Kyle Reese, seu pai, que ainda nem tinha conhecido Sarah Connor.

    O Exterminador do Futuro: Gênesis (T5) é o filme que mais brinca com as linhas temporais. Ainda na 3ª linha do tempo criada em T3 e continuada em T4, são feitos três envios para o passado. Tudo inicia com o envio de Kyle Reese, em 2029, para o ano de 1984 (eventos do primeiro filme, na linha 1). Durante o envio, Kyle vê John Connor sendo atacado por um T-5000, dando origem a uma nova linha do tempo, a número 4. Mesmo assim Kyle é enviado e acaba possuindo lembranças de duas linhas temporais diferentes. Assim ele descobre que a Resistência de uma linha do tempo alternativa (e aqui não se sabe que linha é esta) já havia enviado um exterminador ainda mais adiante no passado para proteger a família de Sarah, em 1973. As máquinas também enviaram um modelo T-1000 à mesma época, que acaba sendo bem sucedido em matar os pais de Sarah. Ela acaba sobrevivendo, sendo assim criada pelo exterminador enviado para protegê-la, chamado de Guardião ou Pops. Estes eventos de 1973 ocorrem na primeira linha temporal. O John Connor atacado acaba tendo suas células orgânicas transformadas em robóticas e agora ele acaba virando um ciborgue exterminador, que acaba enviado para 2014, pois em 2017 (na quarta linha temporal), será o ano em que a Skynet ficará consciente. Após chegar em 1984 e descobrir que Sarah Connor agora é uma guerreira preparada para a guerra, Kyle e Sarah viajam para 2017 para tentarem impedir a criação da Skynet, agora chamada de Gênesis e prestes a ser distribuída através de um aplicativo. Esta quarta linha temporal é a linha temporal original (do primeiro filme), em versão “alternativa”.

    Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (T6) mostra a quinta linha do tempo da franquia, criada após os eventos de T2. Essa linha originada sabe-se lá como, não levou aos eventos de T3, ou seja, a linha de quando a criação da Skynet e o Dia do Julgamento ainda aconteceriam , apenas em outra época que não aquela prevista na linha do tempo original. Em T6, ao invés disso, os eventos de T2 conseguiram mesmo impedir a criação da Skynet, porém, anos depois, surge uma nova ameaça, uma inteligência artificial chamada Legião, que também envia ao passado uma máquina, com a missão de matar a futura nova líder da resistência humana, Dani Ramos, que acaba sendo auxiliada por Sarah Connor, a ex-futura mãe do ex-futuro líder da resistência, que teve seu futuro alterado em T2, assim como o T-800 de T2, que “vive” recluso em uma fazenda quando a ação de T6 se desenrola.

    1. Belissimo resumo da franquia! Mas o T-800 do segundo filme foi derretido… como então ele aparece no último filme, tendo vivido la esses anos todos?

  2. Exterminador do Futuro é uma das maiores criações do cinema. Pena que os produtores simplesmente perderam o rumo após o filme 4. Nem com a volta do Cameron as coisas melhoraram no último filme, com Schwarza e tudo… uma pena. Fico com o primeiro, bem legal, o segundo, uma obra prima, e o terceiro, aceitável. E ignoro o resto, como se a história terminasse ali no terceiro mesmo.

    1. Pessoalmente, eu parei no segundo filme, não gostei do terceiro e achei interessante o quarto, que se passa no futuro, pela guerra entre humanos e máquinas…mas como diz…linha de tempo totalmente fora de sentido..

  3. sei nao esse lance do Galaxy Quest viu… filme hj até é cult pra uma pequena parte do fandom sci-fi, mais especificamente o fandom trekker… sera mesmo que vao por grana em algo de nicho? A propria serie ST no cinema nao é conhecida por ser campeã de bilheterias rs… e se fosse, mesmo com os atores do Kirk e Spock dificultando a renovação contratual, eles teriam feito de algum jeito… so to dizendo que acho que esse lance do Galaxy Quest émais rumor misturado com vontade dos fãs e claro de alguns dos atores do que fatos concretos, pois alem de alguns produtores falarem sobre isso, nada de fato vimos a respeito

  4. Sendo da IG o anime de Terminator, fico tranquilo, tem tudo pra sair um bom produto, que vai enriquiecer a franaquia nao vejo a hora de assistir isso adora animes e adoro terminator hahaha

  5. Alem da Lacração é o nome correto dessa nova versao do seriado, inclusive tem um episodio da 1a temporada que chama “Nem Todos os Homens” que parece video feito por extremistas feministas (não feministas de verdade, que pregam a igualdade, mas as feminazis, que odeiam os homens). Peele militando errado. Uma pena, era tão promissor em Corra! Mas o sucesso literalmente subiu à cabeça… em Us fez uma titica megalomaniaca e nesse reboot de uma serie cult, militou apenas. Vai afundar igual o Shyamalan qd começou a “se achar” e na verdade, a partir dali, “se perdeu”.

    1. A militancia é necessária e é bom ter um diretor proeminente militando. Preenche lacunas e ajuda a diminuir erros historicos. Mas que o Peele viajou na maionese no T.Zone é fato. Ficou caricato, inclusive. Típica militância que gera mais problemas do que ajuda as causas pela qual milita. Está se perdendo mesmo…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *